João Azevêdo recebe aval do Cidadania para apoiar Lula na disputa presidencial em 2022

O governador João Azevêdo (Cidadania) afirmou que o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, deu “total liberdade” ao diretório da Paraíba para decidir quem vai apoiar em 2022.

Como há uma tendência de aproximação com a pré-candidatura do ex-presidente Lula, nas eleições 2022, ninguém duvida mais que o governador prepara o terreno para estar ao lado do petista. A visita do ex-presidente à Paraíba, anunciada para o fim do mês, pode ser o momento definidor desse processo.

Azevêdo esteve ontem (6), em Brasília, ao lado do presidente estadual do Cidadania, Ronaldo Guerra, para a consulta sobre composições eleitorais para o próximo ano.

“Estamos aguardando o resultado das reuniões que ainda estão acontecendo sobre os diversos temas das eleições de 2022, como será a regra do pleito, por exemplo”, afirmou o governador.

A preocupação de João Azevêdo é que, para a disputa nacional, o partido estuda lançar candidatura própria, uma espécie de terceira via no duelo entre Bolsonaro e Lula. O nome do apresentador Luciano Hulk, inclusive, chegou a ser cogitado em determinado momento. Atualmente, o partido avalia apoiar outras figuras, como o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) e o ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta (DEM).

Já em âmbito estadual, o governador tem alinhamento político com o PT desde a eleição passada, quando teve o ex-deputado Luiz Couto na disputa em sua chapa como candidato ao Senado. No atual grupo de legendas que apoiam o seu projeto de reeleição no próximo ano, a tendência é de manutenção dessa aliança com o partido do ex-presidente Lula.

Outro ponto em que João Azevêdo precisa firmar entendimento em relação a um apoio a Lula é que seu principal oponente na disputa ao governo até o momento, o ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD), é declaradamente apoiado e apoiador do presidente Jair Bolsonaro.

A autorização do Cidadania, no fim das contas, acaba antecipando a polarização já fechada na disputa na Paraíba.

Claro, que há outros nomes, ingredientes e alianças que congestionam o debate político à esquerda, como o ex-governador Ricardo Coutinho, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo. Mas isso é assunto para outro registro.

Blog Jornal da Paraíba

Por: KLEBSON WANDERLEY em 10 de julho de 2021

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!