Regina Duarte é exonerada do comando da secretaria de Cultura do governo Bolsonaro

A atriz Regina Duarte foi exonerada do cargo de secretaria especial de Cultura. A exoneração foi publicada em edição desta quarta-feira (10) do “Diário Oficial da União”.

Bolsonaro já havia anunciado a saída da atriz do cargo no dia 20 de maio. À época, ele afirmou que Regina Duarte assumiria a Cinemateca Brasileira, em São Paulo. A Cinemateca é a instituição responsável pela preservação da produção audiovisual do país e é vinculada à Secretaria da Cultura.

Assinam a exoneração de Regina Duarte Bolsonaro e o ministro do Turismo, Marcelo Henrique Teixeira Dias.

Regina Duarte assumiu a pasta em 4 de março, com a missão de “pacificar” o embate entre a classe artística e a indústria da cultura com o governo federal.

Por: KLEBSON WANDERLEY em 10 de junho de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!