Inquérito sorológico para retorno das aulas presenciais na rede estadual começa na próxima semana na Paraíba, diz secretário

O inquérito sorológico que vai avaliar a possibilidade de retorno das aulas presenciais na rede de ensino estadual na Paraíba está previsto para começar na próxima semana, segundo informou o secretário de Estado da Saúde (SES-PB), Geraldo Medeiros. O público alvo será estudantes que convivem com mais de 60 anos de idade e que tenham comorbidades associadas. A conclusão deve acontecer em dois meses, ou seja, em dezembro, término do período letivo.

Deverão ser avaliados estudantes incluídos na faixa etária de 6 a 17 anos, de 80 municípios paraibanos. “O inquérito deve ser iniciado na próxima semana e enquanto não houver o término desse inquérito sorológico, que leva aproximadamente dois meses, nós não teremos a abertura de aulas presenciais no estado. Somente após o término desse inquérito, sua análise e conclusão é que nós teremos a abertura”, ressaltou.

De acordo com os secretário Geraldo Medeiros, a preocupação da SES é com as pessoas inseridas no grupo de risco. “A Paraíba proporcionalmente é o estado com maior número de idosos. Então, a preocupação da Secretaria Estadual de Saúde é com a população idosa, aqueles que tem doenças crônicas associadas como hipertensão arterial, diabetes, hematoses e qualquer paciente com doença associada que é considerado grupo de risco. Existe mais de 160 mil nesse perfil vivendo com os estudantes que vão para as escolas, se contaminam e passam a doença as pessoas do grupo de risco”, frisou.

Click PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 13 de outubro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!