Secretário alerta para interiorização da covid-19 na Paraíba e diz que é cedo para pensar que situação melhorou

O Secretário Executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrammi, afirmou que ainda é prematuro dizer que a situação da covid-19 está melhorando no estado. Isso porque, apesar de uma redução na ocupação de leitos e na taxa de contágio do estado, ainda há um número muito grande de pessoas contaminadas todos os dias.

”A gente chega a detectar o vírus em 1.500 pessoas por dia com os testes rápidos”, comentou Beltrammi. Ele explicou ainda que, embora a taxa de contágio tenha reduzido no estado como um todo, alguns municípios permanecem com taxas muito altas, próximas de 2, como é o caso de Campina Grande, Guarabira e Patos. ”Isso também mostra a interiorização da doença”.

Por isso, o secretário não acredita que haverá grande avanço na flexibilização quando for realizada a próxima avaliação, em uma semana. ”Se a gente pensar no que aconteceu entre a primeira e a segunda avaliação, a gente vai ver que não melhorou, piorou na verdade, porque mais cidades entraram na bandeira laranja, que prevê mais restrições”, disse.

Segundo ele, na última avaliação mais cidades passaram para uma bandeira mais restritiva do que para uma bandeira mais aberta. Beltrammi explicou que o planejamento não prevê a progressão das bandeiras da vermelha até a verde, sendo que elas podem melhorar ou piorar a cada avaliação.

Click PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 3 de julho de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!