Secretário afirma que flexibilização em CG e Cabedelo vai gerar reflexos em 15 dias

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros afirmou que algumas cidades, como Cabedelo e Campina Grande, estão “relaxando mais do que deveriam”, pois têm a bandeira laranja e estão flexibilizando o isolamento social com a reabertura do comércio em lojas, shoppings e galerias.

Ele lembrou que cidades como Belo Horizonte e Brasília flexibilizaram o isolamento de forma precoce e pouco tempo depois apresentaram um grande aumento no número de casos da Covid-19, prejudicando, além da população, o comércio local.

Geraldo ainda frisou, durante entrevista a uma emissora de rádio local, que Cabedelo não possui estrutura hospitalar para comportar possíveis novos casos e pode gerar superlotação na rede hospitalar de João Pessoa.

Ele considerou que Campina Grande está reabrindo shoppings, lojas e galerias quando deveria estar apenas com os serviços essenciais em funcionamento, de acordo com a recomendação da bandeira laranja.

– Cabedelo não tem estrutura nenhuma hospitalar e vai sobrecarregar João Pessoa, que está em uma situação cômoda. Mesma coisa Campina Grande, que a Prefeitura flexibilizou além do que determina a bandeira laranja, que era somente para serviços essenciais, e com isso, infelizmente teremos o reflexo daqui a quinze dias com o maior número de casos e, consequentemente, o maior número de mortes – colocou.

PB Online

Por: KLEBSON WANDERLEY em 30 de junho de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!