Secretaria de Saúde da Paraíba só decidirá sobre volta às aulas presenciais depois de testar pelo menos dois mil estudantes

A Secretaria de Saúde da Paraíba pretende realizar testes rápidos de covid-19 em lares de paraibanos em que crianças e adolescentes em idade escolar residem com pessoas maiores de 60 anos ou que apresentam doenças associadas. Os resultados servirão para orientar a decisão sobre o retorno das aulas presenciais no estado.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, explicou que os testes devem ser aplicados em pelo menos duas mil residências que tenham moradores de três a 17 anos convivendo com pessoas de grupos de risco. Ainda não há previsão para a finalização desta etapa, o que significa que também não há previsão para o retorno das aulas presenciais.

O presidente do Sindicato das Escolas Particulares de João Pessoa, Odésio Medeiros, afirmou que espera receber já em setembro uma resposta da Secretaria de Saúde sobre o retorno das aulas presenciais, mas destacou que é preciso cautela. ”Não adianta abrir em risco”, disse.

Odésio Medeiros ressaltou que o mais importante é que as crianças não adoeçam, assim como os adultos funcionários das escolas e lembrou que não está havendo prejuízo do ensino, já que as aulas continuam ocorrendo de forma remota.

Click PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 11 de agosto de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!