Parlatório do Povo é reaberto e movimentos sociais destacam a sua importância para a democracia participativa

Lideranças e movimentos sociais ressaltaram, nesta sexta-feira (17), o compromisso do Presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual Gervásio Maia, de reinaugurar o Parlatório Deputado Tota Agra para uso das demandas e reivindicações da população paraibana.

A ocasião foi marcada pela Audiência Pública para discutir a reforma da Previdência Social e as conseqüências para os trabalhadores e trabalhadoras do campo. O projeto teve autoria dos deputados estaduais Estela Bezerra, Jeová Campos e do presidente da Casa.

Para o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB), Liberalino Ferreira, o Parlatório dará voz à população mais humilde. “Eu não tenho dúvida do grande marco que foi realizado aqui, hoje, nesta Casa. A partir de agora, todos os movimentos sociais vão acompanhar os temas que serão pautados pela população no uso da tribuna, alcançando um volume muito maior de pessoas, o que antes não era possível”, destacou.

Já o presidente da Central Única dos Trabalhadores do Estado da Paraíba (CUT-PB), Paulo Marcelo, parabenizou a iniciativa e afirmou que a tribuna representa um avanço significativo para as manifestações populares. “O presidente da Assembleia Legislativa marcou um grande gol que é abrir a casa para o povo expressar o sentimento e fazer as reivindicações. Antes, até para entrarmos na frente da Assembleia com o carro de som era complicado. Hoje, se enviarmos um documento informando que mais adiante será realizado um movimento, a Casa estará aberta para isso”, comemorou.

A secretária das Mulheres da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag), Alessandra Lunas, destacou o caráter democrático do Parlatório que enaltece a luta contra as injustiças. “É muito importante reinaugurar esse espaço na Assembleia Legislativa, uma vez que é conhecida pelo nome de “Casa do Povo”, principalmente porque é um momento marcado por uma mobilização dos trabalhadores rurais. Portanto, é simbólico para nós e desejo que os outros trabalhadores deste estado possam também vir para cá, todos os dias, para fazer uso do Parlatório”, ressaltou.

Segundo o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Charliton Machado, a Assembleia cumpre o papel de servir aos interesses da população, abrindo espaço para os trabalhadores da Paraíba. “É muito importante ter um espaço aberto para que os movimentos, neste instante de retirada de direitos e de conflitos contra os interesses históricos dos trabalhadores, tenham no Parlatório a oportunidade de fazer as grandes reivindicações populares, dando voz às lutas das ruas, para ouvir o grito e o clamor popular”, finalizou Charliton.

Para o presidente Gervásio Maia, a Assembleia Legislativa faz história e devolve ao povo um espaço para o exercício da democracia participativas. “O Parlatório do Povo é mais um mecanismo para que os movimentos sociais exerçam a democracia participativa. Estamos muito felizes em devolver ao povo, um espaço que há muito estava ocioso”, ressaltou Gervásio.

De Olho no Cariri

Com Ascom

Por: KLEBSON WANDERLEY em 18 de fevereiro de 2017

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!