Com obstrução intestinal, Bolsonaro poderá fazer cirurgia de emergência

Após a realização de exames, foi constatado que o presidente Jair Bolsonaro enfrenta um quadro de obstrução intestinal. Ele será levado à São Paulo para avaliação de possível cirurgia de emergência. A informação foi divulgada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República na tarde desta quarta (14).

Bolsonaro deu entrada na madrugada desta quarta-feira (14) no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, com dores abdominais.

Por meio de nota, a pasta informou que a constatação da obstrução intestinal foi feita pelo cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo – médico que acompanha a saúde de Bolsonaro desde o atentado sofrido durante as eleições de 2018.

“Após exames realizados no HFA, em Brasília, o Dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do Presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência”, diz a nota.

Agência Brasil /Foto reprodução: Agência Brasil

Por: KLEBSON WANDERLEY em 14 de julho de 2021

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!