Pedro de Neguinho diz que vai administrar para o povo e rebate acusações de troca de emprego por voto

Nesta sexta-feira (09), a Rádio Serra Branca FM encerrou a série de entrevistas com os prefeitáveis que irão disputar as eleições no município de Santo André. O candidato Pedro de Neguinho foi o entrevistado, falou sobre suas propostas e respondeu aos questionamentos feitos pelos jornalistas da emissora.

Pedro de Neguinho prometeu dar um suporte maior na área da saúde, além de melhorias na educação, esporte e na infraestrutura da cidade com obras estruturantes.

Respondendo aos temas livres formulados pelos jornalistas, Pedro de Neguinho falou sobre o seu distanciamento com o grupo Marinho e a decisão de marchar separado contra os dois grupos que estão na disputa eleitoral. “Eu fui praticamente chutado por Silvana, pelo simples fato de votar no deputado Genival Matias. Desde o primeiro ano da gestão de Silvana, eu deixei de apoiá-la e comecei a fazer uma oposição séria e a partir daí o povo começou a levantar meu nome para disputar à prefeitura municipal”, disse Pedro.

O candidato ainda respondeu a um questionamento que rola nos bastidores da política da cidade, que caso seja eleito o seu pai, Neguinho, iria administrar à prefeitura. “Na verdade, a oposição e os adversários não têm o que falar. Tenho muito orgulho de meu pai Neguinho. Ele é uma pessoa do bem e faz mais do que certos políticos em Santo André! Essa conversa não tem sentido, irei sim juntamente com todo o meu secretariado e nosso povo administrar Santo André. Mas claro jamais deixarei de ouvir meu pai”, afirmou Pedro de Neguinho.

Ele ainda respondeu a crítica do prefeito e candidato Arimatéa Porto que afirmou que Pedro estava prometendo o mesmo emprego e as secretarias para mais de três pessoas na cidade. “Essa história não procede! Arimatéa foi infeliz e pecou ao falar isso. Primeiro eu não sou prefeito para prometer nada. Ele quem pode está fazendo promessas por aí. Caso eleito, eu vou me sentar e montar minha equipe de secretariado”, respondeu Pedro de Neguinho.

De Olho no Cariri 

Por: KLEBSON WANDERLEY em 10 de outubro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!