Homem que morreu após fugir de bloqueio e atropelar policial em Monteiro estava com arma ilegal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba apreendeu um revólver calibre 38 com numeração raspada com o motociclista que morreu após fugir de um bloqueio policial na BR-101, na cidade de Monteiro, no Cariri da Paraíba, na noite de quinta-feira (24). Segundo a polícia, o homem tinha antecedentes criminais.

Ainda segundo informações da PRF, no local do acidente, próximo ao corpo do motociclista, foram encontrados um revólver calibre 38 com numeração raspada, pronto para uso, com cinco munições intactas e mais de R$ 6,4 mil em dinheiro.

O suspeito, que morreu no local do acidente após colidir com uma viatura, tem antecedentes criminais e é suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas.

O material apreendido com a PRF foi encaminhado à Polícia Civil.

O motociclista, de 34 anos, morreu na noite de quinta-feira (24) após desobedecer ordem de parada da PRF em Monteiro, Cariri do estado, e fugir da PRF. No terceiro bloqueio da PRF, o homem tentou desviar mais uma vez e acabou colidindo com uma viatura.

Em uma das tentativas de fuga, o motociclista também atingiu um agente da PRF. Os policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para socorrer as vítimas. O motociclista morreu e o agente teve apenas ferimentos leves.

Com G1 PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 25 de setembro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!