Juiz de São João do Cariri nega pedido de cassação da chapa Cosme e Hélder

O juiz da Comarca de São João do Cariri, Dr José Irlando Sobreira Machado, emitiu parecer contrário à cassação do prefeito do município, Cosme Gonçalves e o vice-prefeito, Hélder Trajano, que estavam sendo acusados de compra de votos e abuso de poder político e econômico.

A informação foi confirmada pelo advogado Dr. José Maviael, responsável pela defesa de Cosme e Hélder. Segundo o advogado, as alegações feitas pelos adversários eram pífias e demostravam o inconformismo com a derrota e o desconhecimento dos derrotados de como funciona uma gestão pública.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral foi ingressada por Chico de Eulina (PTB) e Licinha (PSC) que foram derrotados a prefeito e vice, respectivamente, nas eleições de 2016.

O Ministério Público já havia pedido a absolvição do prefeito e de seu vice por falta de provas concretas nas acusações. No processo, os adversários alegaram compra de votos por parte da chapa de Cosme e Hélder, a ponto de influenciar o resultado do pleito.

A Justiça não encontrou provas que confirmassem a denúncia e decidiu pela manutenção do mandato de Cosme e Hélder, vitoriosos no último pleito de 2016.

De Olho no Cariri

Por: KLEBSON WANDERLEY em 9 de junho de 2017

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!