Secretário de Comunicação terá que explicar gastos de mais de R$ 2 mi sem comprovação

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) intimou o secretário de Comunicação do Estado, Luís Tôrres, para prestar esclarecimentos sobre supostas irregularidades identificadas pela auditoria da Corte em relação a despesas no valor de R$ 1,9 milhão, realizadas em 2017, sem informações de respectivos credores no site de transparência do governo do Estado.

O TCE também aponta a ausência de comprovação de despesas relativas a duas notas de empenho, no valor de R$ 330 mil. Ao todo, o secretário Luís Tôrres terá que comprovar gastos que ultrapassam os R$ 2,2 milhões.

As supostas irregularidades foram alvo de dois alertas emitidos pela Corte contra o gestor e têm como relator o conselheiro Marcos Antônio da Costa.

Conforme parecer do relator, o secretário terá o prazo de 15 dias para apresentar esclarecimentos.

Com Portal Correio

Por: KLEBSON WANDERLEY em 14 de junho de 2018

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!