PM expulsa cabo condenado por matar suspeito de tentativa de homicídio na Paraíba

A Polícia Militar expulsou um cabo da corporação que foi condenado pela Justiça a 13 anos de prisão. A decisão, assinada pelo comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, foi publicada na edição desta quinta-feira (17, no Diário Oficial do Estado (DOE).

O policial militar matou a tiros um homem suspeito de tentativa de homicídio com arma branca sem a possibilidade de legítima defesa em 2009, no Sítio Serrote Preto, em Fagundes,  na Paraíba.

De acordo com publicação o comandante do 2º BPM deve apreender a identidade militar do policial, o armamento e outros objetos que ainda estão com ele.

De acordo com a Polícia Militar, após criteriosa analise e avaliação da Comissão Disciplinar, foi concluído que o cabo infringiu conscientemente regras legais e disciplinares a que está adstrito em razão do cargo que ocupa.

O policial também respondeu, na 4ª Vara Criminal de Campina Grande, a um caso de roubo, sendo condenado  duas vezes a um ano e nove meses de prisão.

Com Mais PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 17 de janeiro de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!