Pais de bebê que morreu após ser estuprada vão para presídios de João Pessoa

Os pais da bebê de nove meses que morreu após ter sido estuprada no município de Soledade, no Seridó Paraíba, foram encaminhados para presídios de João Pessoa nesta sexta-feira (31). A decisão foi tomada após audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (30).

O casal é suspeito de praticar violência contra a criança e foi preso em flagrante após ter sido conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Soledade. Após prestarem esclarecimentos, os pais do bebê receberam voz de prisão do delegado Durval Barros.

Quando a criança chegou no pronto socorro com convulsões, o médico levantou a suspeita de estupro, confirmada pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) ainda nesta quinta-feira.

A mãe foi encaminhada para o Centro de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão e o pai para a Penitenciária de Segurança Máxima Geraldo Beltrão. Ambas unidades são localizadas no bairro de Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa.

Em depoimento, a mãe da criança informou que já tinha se separado do marido, entretanto, o suspeito tinha contato íntimo com a filha do casal. Ela também disse que o ex-marido já havia tentado estuprar a mãe dela.

Eles foram atuados por estupro de vulnerável resultante em morte da vítima.

Com G1 PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 3 de junho de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!