CPI da Telefonia decide contratar técnicos para aprimorar investigações

c1e29d9c-baae-4983-a08e-11db38806475A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Celular da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deliberou nesta segunda-feira (27), durante sessão pública, a contratação de dois técnicos para auxiliar nas investigações. A reunião ocorreu no plenário José Mariz e contou com a participação do presidente João Gonçalves; a vice-presidente, Camila Toscano; do relator Bosco Carneiro e dos deputados Janduhy Carneiro e Ricardo Barbosa.

Os técnicos sugeridos pelos parlamentares para a contratação são Marcelo Sampaio de Alencar, do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Campina Grande, e Michel Dias, professor do curso de Telecomunicações do Instituto Federal de Educação da Paraíba (IFPB).

Para o deputado João Gonçalves, a contratação dos técnicos é para aprofundar nas investigações. “Os técnicos vão nos auxiliar no parecer técnico do nosso relatório e nos documentos enviados pelas empresas”, comentou.

Além disso, os deputados discutiram sobre novas datas para as sessões itinerantes no interior do Estado em regiões que ainda não foram contempladas  com a CPI, como Cuité, Monteiro e Itabaiana dentre outras cidades-polo.

Janduhy destacou as sessões que ocorreram na semana passada nas cidades de Sousa e Cajazeiras. Já o deputado Ricardo Barbosa destacou a visita que os componentes da CPI ao Procon de São Paulo, em especial às sanções com as operadores de telefonia que descumprem contratos.

Já o ex-deputado Biu Fernandes também participou da sessão e deu seu testemunho como cliente. “De cada 10 ligações que faço, cinco são perdidas por falta de conexão”, resumiu.

Sobre a CPI

A CPI da Telefonia foi instalada no dia 8 de abril de 2015 e apura a responsabilidade por danos causados ao consumidor na prestação de serviços de telefonia móvel das operadoras que atuam na Paraíba.

A Comissão já recebeu o apoio do Ministério Público Estadual e Federal, do Tribunal de Justiça e já recebeu informações dos Procons Municipal e Estadual e do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon). Também já ouviu representantes da Anatel sobre a atuação do órgão no Estado, e do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado da Paraíba (Sinttel) sobre a falta de investimento das operadoras no Estado.

Sessões públicas itinerantes estão sendo realizadas em diversas cidades da Paraíba para ouvir autoridades e a população em geral sobre a cobertura das  operadoras nas diferentes regiões do Estado, assim como convidado estudiosos e técnicos da área de telecomunicações para falar sobre problemas técnicos enfrentados no dia-a-dia dos consumidores.

A população pode participar da CPI enviando seu relato para o e-mail cpidatelefoniapb@gmail.com .

Normalmente la farmacia puede ser proporcionar a sus clientes tratamientos discretos para diversas enfermedades. Por ejemplo, la crema Temovate es un corticosteroide tópico. Este fármaco funciona deprimiendo la actividad de diversos productos químicos que causan enrojecimiento. Típicamente, tanto hombres como mujeres sufren de disfunciones sexuales. Si ustedes son está preocupado por el trastorno eréctil, probablemente si sabe acerca de http://kamagraoraljelly.me/es/100mg.html. Cuando usted compra drogas como Kamagra debe discutir con su profesional de la salud acerca de comprar kamagra oral jelly 100mg. Otro punto que vamos a es comprar kamagra 100mg. La disfunción sexual puede ser el primer signo de un problema psicológico pesado. Todo tipo de drogas, desde aquellas que se considerando que “todas naturales” a las que se producen químicamente en un laboratorio, pueden causar algún tipo de efectos secundarios. El terapeuta sexual calificado revisará su información, siempre que los remedios, incluyendo Kamagra, sean satisfactorios para usted.

Por: KLEBSON WANDERLEY em 28 de julho de 2015

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!