Unidade judiciária do Cariri atinge meta de migração dos processos físicos para o PJe

Já são 12 as unidades judiciárias que cumpriram a meta estabelecida no Ato 12/2019, que institui a expansão do processo Digitaliza para as demais comarcas do Estado. De acordo com o normativo, são 134 unidades que poderão, por conta própria, fazer a migração.

Pelo último levantamento, as 12 unidades que atingiram a meta são: Juizado Especial Misto de Cajazeiras, 1ª e 2ª Varas Mistas de Ingá, Vara Única de Umbuzeiro, 3ª Vara Mista de Sousa, Vara Única de Cruz do Espírito Santo, 3ª Vara Mista de Cajazeiras, 3ª Vara Mista de Santa Rita, Vara Única de Cabaceiras, 3ª Vara Mista de Itaporanga, Vara Única de Bananeiras e 1ª Vara Mista de Santa Luzia.

A expectativa é de que, ao final de abril, o número de unidades que cumpriram a meta dobre. Inclusive, foi feito uma avaliação e 50% estão dentro do planejado. Isso porque, nem todas as unidades aderiram ao programa no início. Situação que está sendo revertida nas comarcas do interior, uma vez que, do final de março para abril, muitas delas passaram a  aderir.

Benefícios do Projeto Digitaliza – Dentre os benefícios estão: facilitar o manuseio e localização do processo; minimizar tarefas manuais; eliminar problemas com o transporte e extravio de autos; possibilitar a unificação de procedimentos internos; economizar recursos, disponibilizar maior espaço de trabalho e armazenamento; tornar os autos disponíveis permanentemente para as partes e advogados; e agilizar o processamento da demanda e o atendimento às partes e advogados.

Por Lenilson Guedes – TJPB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 17 de abril de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!