Servidores técnico-administrativos da PB entram em greve por tempo indeterminado

Os servidores técnico-administrativos do estado da Paraíba entraram em greve, por tempo indeterminado, nesta segunda-feira (2). Segundo o Sindicato dos Servidores Técnicos Administrativos do Estado da Paraíba (Sindtecpb), os funcionários já haviam realizado duas paralisações, no mês de março, e reivindicam reposição salarial, vale alimentação, redução da carga horária e uma revisão do plano de cargos e carreiras do Governo.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado da Comunicação Institucional, mas até as 17h15 desta segunda-feira (2), não havia recebido resposta.

De acordo com o presidente do Sindtecpb, Nataluan Carvalho, o reajuste de 15,76% nos salários é reivindicado para que exista uma proporcionalidade em relação ao que os servidores ganhavam alguns anos atrás. “A gente não está pedindo um reajuste salarial, mas uma reposição daquilo que a gente perdeu”, afirmou.

Ainda segundo o presidente, mesmo durante as paralisações do mês de março não houve diálogo com o Governo. “Foram enviados mais de 16 ofícios protocolados, desde 2015, e nenhum ofício foi respondido até hoje. O Governo já foi notificado. Notificamos antes da paralisação do dia 22, mas como não houve negociação, entramos em greve a partir de hoje”, explicou.

Conforme informou Nataluan Carvalho, os serviços mais prejudicados devem ser as escolas, os hospitais e o Centro Administrativo do Governo da Paraíba. “Um pouco mais de dois mil servidores técnico-administrativos aderiram à greve, na administração direta e indireta, em todo o estado”, destacou.

Com G1

Por: KLEBSON WANDERLEY em 3 de Abril de 2018

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!