Professores devem receber bonificação de até R$ 2.300 para ensinar em escolas integrais da Paraíba


O governador Ricardo Coutinho (PSB) disse, nesta segunda-feira (13), que a partir de fevereiro de 2018, a escola de ensino integral vai atingir um terço dos alunos do ensino médio. Atualmente existem no estado 33 escolas com ensino integral na Paraíba sendo que em 2018, estas escolas passam a ser 100 em todas as regiões de ensino, de acordo com a Secretaria de Educação do Estado.

Até o ano que vem também deve ser feito um processo seletivo para os professores da Rede Estadual que quiserem optar por exclusivamente ensinar nas escolas integrais. Os professores selecionados devem receber ainda uma bonificação que varia de R$ 1.000 até R$ 2.300, de acordo com a classificação funcional de cada professor.

“Esse é um direito da Secretaria, porque senão não daria certo, o professor passa lá três horas, depois vai para outra escola, depois vai para outra, quebraria o espírito desse tipo de escola, que ajuda o estudante a criar um projeto de vida. Os professores que quiserem terão uma carga horária integral, receberão mais e poderão contribuir para esse avanço. Os que não quiserem, nós temos dois terços das escolas disponíveis para que os professores possam cumprir com seu dever para justificar aquilo que recebem”, disse Ricardo Coutinho, frisando que, em seis anos, o Governo do Estado triplicou a remuneração dos professores.

O projeto foi implantado no governo de Ricardo e segundo o governador representa um salto de qualidade para oferecer um futuro melhor para os jovens na Paraíba. “Nós estamos oferecendo aos alunos da escola pública, independentemente da sua condição econômica, porque a escola pública voltou a atrair pessoas que antes estudavam em escolas particulares, como há 40 anos, e representa exatamente a qualidade e um projeto de vida para esses milhares de estudantes”, disse Ricardo.

“Só a educação vai ter a capacidade de reduzir a criminalidade, reduzir a violência. Porque através da educação você gera oportunidade para as pessoas a partir da qualificação do ensino”, disse Ricardo.

De acordo com os dados, em um ano o Governo do Estado triplicou o número de alunos que estudam na escola de ensino integral.

 

Com ClickPB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 13 de novembro de 2017

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!