Estudante suspeito de ameaçar ataque a colegas em Campina Grande é suspenso por 30 dias

O estudante que foi identificado como suspeito de ameaçar um ataque a colegas no Centro Universitário Unifacisa foi suspenso pelo período de 30 dias. Na tarde da última segunda-feira (25) o burburinho de que um estudante da instituição estaria planejando um massacre assustou não somente os estudantes, mas também professores e funcionários da Unifacisa.

A polícia foi acionada e localizou o aluno suspeito das ameaças dentro de uma sala de aula da instituição de ensino. Ele foi intimado a comparecer à delegacia para prestar depoimento.

Nesta terça-feira (26), a Unifacisa emitiu uma nota de esclarecimento informando que tomou providências rápidas para resolver a situação. O aluno autor da ameaça foi suspenso de forma cautelar por 30 dias. Neste período ele não poderá ter acesso ao campus do Centro Universitário Unifacisa ou qualquer outra unidade da instituição ou entidades conveniadas.

Além disso, foi feito um registro da ocorrência junto à Polícia Civil com o objetivo de ser aberto um inquérito policial para apuração da responsabilidade criminal. Um procedimento administrativo disciplinar também foi aberto para apurar os fatos e decidir uma eventual punição.

A Unifacisa ainda oficiou o Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB), Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal e Polícia Militar para acompanhamento das investigações, tomada de medidas necessárias à situação e realização de rondas permanentes.

Depois de apresentar as medidas que foram tomadas, a Unifacisa informou ainda que as atividades na instituição estão acontecendo normalmente.

Com Click PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 27 de março de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!