Deputado estadual tem CNH suspensa pelo Detran-PB

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), teve o direito de dirigir suspenso por 12 meses após determinação do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB). A portaria foi publicada na edição do sábado (25) do Diário Oficial do Estado e assinada pelo diretor superintendente do órgão, Agamenon Vieira da Silva.

Por meio de uma nota divulgada nesta segunda-feira (27), o deputado explica que a suspensão é resultado de uma blitz da Lei Seca ocorrida em 2013 – na época, vereador de Campina Grande. Segundo Tovar, ele havia tomado uma taça de vinho e foi parado pela blitz. “Ao ser abordado, fiz o bafômetro, paguei multa e fui liberado”, explica o deputado na nota.

Na nota, Tovar admite o erro e explica ainda que “em nenhum momento fui omisso com meus atos e tampouco agi de modo a tentar me esquivar do erro que cometi. Assumo as consequências e peço desculpas públicas pela infração, jamais repetida”.

De acordo com a portaria do Detran, o deputado e outras 17 pessoas listadas tiveram o direito de dirigir suspenso e devem se “submeter a curso de reciclagem”, devendo cada uma das pessoas entregar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ao Detran após o recebimento da decisão.

Com G1 PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 27 de março de 2017

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!