Bolsonaro cobra em 48h dados sobre manchas que sujam praias na Paraíba

O presidente da República Jair Bolsonaro cobrou em um prazo de 48 horas informações e providências tomadas sobre à responsabilização pelas manchas de óleo que sujam as praias da Paraíba e dos outros estados da região Nordeste.

Neste sábado (5), Bolsonaro determinou que a  Polícia Federal, Ministério da Defesa, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) investiguem o caso. O despacho foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU)

 DESPACHO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA


Considerando o disposto no art. 84, caput, inciso II, da Constituição, determino ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por intermédio da Polícia Federal, ao Ministério da Defesa, por intermédio do Comando da Marinha, sem prejuízo de ações coordenadas com o Comando do Exército e com o Comando da Aeronáutica, e ao Ministério do Meio Ambiente, por intermédio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, cada órgão no âmbito de suas respectivas competências, investiguem as causas e apurem as responsabilidades sobre as manchas de óleo que atingiram o litoral do nordeste brasileiro nos últimos dias. Determino, ainda, que sejam apresentados à Presidência da República, no prazo de quarenta e oito horas, contado da data de publicação deste Despacho, os dados coletados e as providências adotadas até o momento.
Em 5 de outubro de 2019.

Com Mais PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 6 de outubro de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!