Agência paraibana lança campanha contra assédio

A agência publicitária paraibana TagZag lançou uma campanha na internet sobre assédio dentro das agências de publicidade. Isto ocorreu através de uma pesquisa cujos dados foram coletados em  9 estados nordestinos, com 200 publicitárias. A campanha marca o Dia Mundial da Igualdade Feminina (26/08).

Entre outros números, o resultado é que 71% das profissionais da área já sofreram assédio no trabalho. Para responder os formulários, a pesquisa foi divulgada organicamente, entre as publicitárias, numa espécie de “boca a boca virtual”. A ação completa foi composta por filmes, postagens nas redes sociais e envio de cartazes para as agências da região.

“As agências são vistas como ambiente de vanguarda e mente aberta, mas, nós ouvíamos relatos de uma realidade bem diferente. Quisemos medir isso e fazer o mercado se atentar sobre o assunto.” afirma Mariana Craveiro, COO da TagZag.

Para Carol Crozara, head of digital da TagZag, “é necessário criar gatilhos para evitar o assédio e, por tabela, reduzir o machismo nas agências. Não é fácil, sempre tem muita coisa envolvida. Mas ficar em silêncio só ajuda a manter o ambiente confortável para os assediadores”.

O site também apresenta “cases” reais com depoimentos anônimos coletados dentro da pesquisa. De acordo com os conteúdos divulgados, ouvir piada machista, receber cantada de clientes e chefes, ser julgada pela aparência e até ganhar menos que um colega homem, que executa a mesma função fazem parte do dia a dia das publicitárias.

Os dados completos da pesquisa estão disponíveis  no hotsite www.essecaseefoda.com.br .

Com MaisPB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 23 de agosto de 2017

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!