Justiça Desportiva instaura inquérito para investigar denúncia de manipulação de jogos do Campeonato Paraibano

O Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba instaurou, após denúncia na manhã desta terça-feira (28), um inquérito para investigar a manipulação de jogos no Campeonato Paraibano.

O presidente do Sousa Esporte Clube, Aldeone Abrantes, denunciou ter sido procurado por um suposto esquema de combinação de resultados nas partidas do Campeonato Paraibano de 2020.

Confira o inquérito na íntegra aqui.

Pelo material coletado até o momento, não foi possível concluir a autoria dos áudios. No inquérito, foi determinada a conclusão com relatório no prazo máximo de 15 dias.

Também foi determinada a tramitação sigilosa dos atos processuais para a preservação da investigação da interferência de terceiros.

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) entrou com um novo pedido de prisão contra mais envolvidos nas denúncias de manipulação de resultados de jogos do Campeonato Paraibano.

A presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, emitiu na tarde desta terça-feira (28) uma nota sobre a denúncia feita pelo presidente do Sousa Esporte Clube, Aldeone Abrantes. O presidente do Sousa denunciou um esquema de manipulação de resultado de jogos do Campeonato Paraibano.

Em um grupo de Whatsapp, o dirigente do Sousa compartilhou uma mensagem de áudio relatando sua preocupação com o fato e dizendo que jamais compactuaria com algo do tipo.

“É bom que essa bandidagem se afaste do Sousa, vão agir em outra área”, afirmou o dirigente.

Click PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 29 de janeiro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!