Veneziano quer substituição de município de Torres por cidade do Cariri em Rede Integrada

Relatório do Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), que autoriza o Poder Executivo a criar a Região Administrativa Integrada de Desenvolvimento Econômico (Ride) do Polo Caruaru (PE) e Campina Grande (PB), foi aprovado nesta quarta-feira (15) na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) e segue agora para o Plenário. Caruaru e Campina Grande estão distantes 130 quilômetros uma da outra.

A proposta (PLS 789/2015) prevê a criação do Programa Especial de Desenvolvimento do polo e um conselho administrativo para coordenar as atividades desenvolvidas na Ride, contando com representantes das cidades abrangidas e dos governos estaduais da Paraíba e de Pernambuco. Entre os focos, estarão o aproveitamento socioeconômico dos recursos hídricos das regiões de baixa renda; o fomento a atividades produtivas em programas de geração de empregos; e a fixação da mão-de-obra na região.

Um artigo prevê ainda que a União e os dois estados envolvidos incentivarão a recuperação das terras áridas. Também caberá à Ride incentivar a cooperarão entre os governos e com pequenos e médios proprietários rurais, visando estabelecer fontes de água e pequena irrigação, segundo informou a Agência Senado de Notícias.

Cidades interligadas
Veneziano disse que as cidades em torno de Campina Grande e Caruaru possuem vocação comum relacionada ao setor de vestuário e de confecções, integrando o chamado Polo de Confecção de Caruaru. Também há forte indústria moveleira, que se expande na região, formada por 50 cidades.

Polos Grandes
“Campina Grande e Caruaru são cidades que polarizam a procura por serviços e compras, sendo consideradas pelo IBGE capitais regionais. Além de intensa atividade industrial no segmento de confecções, elas conquistaram o patamar de relevantes destinos de compras em âmbito macro-regional. Também apresentam atividades culturais e turísticas em comum, como as festas juninas e religiosas, que movimentam a economia dessa região. São municípios complementares”, disse Veneziano.

Veneziano disse que a criação da Ride vai resultar na melhoria da infraestrutura dos serviços públicos da região.

Ele ainda acolheu uma emenda da Senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), que incluiu a indústria calçadista entre os setores que devem receber atenção especial, quando da elaboração dos programas prioritários na Ride.

Tamanho
Conforme a proposta, ela será constituída de 25 municípios de Pernambuco e 20 da Paraíba. Os programas e projetos para a Ride deverão dar ênfase aos setores de confecção, turismo e indústria moveleira. O texto destaca que os 45 municípios têm atividades econômicas afins.

No turismo, Caruaru e Campina Grande realizam as mais conhecidas festas juninas do país, como lembra o autor da proposição. Veneziano apresentou duas emendas, sendo uma de redação e outra que inclui artigo para prever expressamente a elaboração de uma avaliação ambiental estratégica para a região.

Ajuste
Em relação à composição da Ride, o relator Veneziano Vital sugeriu a substituição do município de Torres, que não se situa no estado da Paraíba, pelo município de Boa Vista, que fica próximo aos municípios de São Domingos do Cariri e de Umbuzeiro.

“Em consequência da semelhança e complementariedade das atividades econômicas dos Municípios do Polo Caruaru–Campina Grande, das tradições culturais e manifestações religiosas e da proximidade geográfica, a criação da Ride presta-se a integrar esforços governamentais e privados para prover a infraestrutura de serviços públicos necessários ao desenvolvimento socioeconômico.

Com Ascom

Por: KLEBSON WANDERLEY em 17 de maio de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!