TCU aponta riscos que comprometem a Transposição do Rio São Francisco

Um levantamento realizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) identificou riscos que podem comprometer o projeto de integração do Rio São Francisco na fase de pré-operação.

De acordo com o órgão, o desempenho das políticas públicas adotas pelo Governo Federal na região do Semiárido brasileiro no Programa Permanente de Combate à Seca (Proseca) tem baixos índices de governança e gestão nos órgãos e entidades federais, que podem comprometer a manutenção da integração do São Francisco.

Entre os pontos que precisam de melhoria, segundo o levantamento, estão: a própria delimitação do Semiárido, o atraso na efetivação da política de combate à desertificação, os altos níveis de exposição à fraude e à corrupção de órgãos e entidades envolvidos, a sobreposição e duplicação de ações.

De Olho no Cariri

Com Mais PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 20 de agosto de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!