Mais um jovem serra-branquense é vítima de acidente; sociedade quer resposta da Polícia Civil

Mesmo depois de um trágico acidente que retirou a vida de uma jovem serra-branquense com apenas 18 anos de idade, os acidentes envolvendo carros e motos continuam fazendo vítimas na cidade. No último domingo (16) à noite, um menor de 15 anos de idade pilotava uma moto na rodovia estadual que interliga Serra Branca a Coxixola quando outro veículo colidiu com sua traseira e fez o jovem cair. O menor sofreu uma pancada na cabeça, foi levado para o Hospital de Serra Branca e em seguida transferido para o Trauma de Campina Grande.

Nesta segunda (17), ele permaneceu internado na ala vermelha do Trauma, mas estava consciente e seu estado merecia cuidados. Até o fechamento desta matéria, não houve mudanças em seu quadro de saúde e segundo sua mãe, ele deveria passar por exames mais complexos para que a equipe médica se pronunciasse sobre sua recuperação e possíveis consequências.

O acidente ora relatado desafia as autoridades em dois aspectos. O primeiro é o do próprio menor de idade pilotando motos, sem a devida habilitação; realidade que aqui na região do Cariri é algo considerado normal, apesar de todos saberem ser ilegal. O segundo aspecto é em relação ao causador do acidente. Segundo relato de moradores que presenciaram a colisão, o motorista do carro vinha fazendo zig zag na pista, provavelmente sob efeito de álcool e colidiu com o adolescente que pilotava a moto em sua mão correta. O suposto motorista fugiu do local sem prestar socorro à vítima e até o momento não foi detido pela polícia.

A sociedade serra-branquense cobra uma investigação policial para o caso, atribuindo responsabilidades a quem tem e deixando uma lição para outras dezenas de motoqueiros e motoristas que fazem isso cotidianamente sem atentar para o perigo a que está sujeitando toda a população.

De Olho no Cariri

Por: KLEBSON WANDERLEY em 18 de abril de 2017

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!