Gervásio Maia é citado pela primeira vez na Calvário; delator revela repasse de R$ 300 mil

O deputado federal Gervásio Maia, que atualmente está como presidente do diretório estadual do PSB na Paraíba, foi citado pela primeira vez no âmbito das investigações da Operação Calvário. Leandro Nunes, ex-assessor da Secretaria de Administração, revelou que entregou R$ 300 mil a Gervásio Maia. As informações foram veiculadas na edição desta quarta-feira (15) do programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM.

Conforme detalhou Leandro Nunes, a entrega de R$ 300 mil a Gervásio Maia foi feita em uma rua do bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, após os dois marcarem um encontro. Em depoimento, o delator afirmou ao Ministério Público que “Livânia mandou eu ir procurá-lo para entregar esse valor. Eu liguei pra ele e marquei com ele numa rua. Estava indo para a secretaria e marquei com ele no caminho, ali em Jaguaribe, e entreguei”.

O vídeo vazado da delação de Leandro Nunes, em que ele cita Gervásio Maia, foi registrado no dia 20 de fevereiro de 2019. Neste trecho, Leandro fala sobre entregas de dinheiro que haviam sido feitas por ele a deputados.

Click PB

Por: KLEBSON WANDERLEY em 15 de janeiro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!