AIJE pede que Justiça investigue supostas candidaturas laranjas em Boqueirão

A Justiça Eleitoral investiga denúncias sobre supostas candidaturas laranjas que disputaram o pleito de 2020 no município de Boqueirão, na Paraíba. Duas siglas partidárias e 29 candidaturas estão sendo investigadas por meio de uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE).

As autorias da AIJE são de Ediana Araújo de Macedo Rodrigues e Margarida Teresa do Nascimento Sousa. Elas alegam que três mulheres figuraram nas chapas dos partidos PSD e PP apenas para assegurar candidaturas masculinas. Duas delas, Jaqueline e Alaíde Maria, sequer votaram nelas próprias e não tiveram nenhum voto e Adjailma obteve apenas um voto.

Ediana Araújo, que é segunda suplente e ingressou com a ação, disse que as candidatas citadas não fizeram qualquer campanha em suas redes sociais, o que também configura prova de suas postulações laranjas.

O juiz Falkandre de Sousa Queiroz, da 62ª zona Eleitoral de Boqueirão, já notificou os representados na petição a apresentarem as suas defesas num prazo de 5 dias.

De Olho no Cariri
Foto: Socorro Fragoso

Por: KLEBSON WANDERLEY em 6 de janeiro de 2021

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!